Uma história
de sucesso!

O Mackenzie começou a escrever sua história no cenário esportivo e social de Belo Horizonte no dia 1º de setembro de 1943. Fundado por um grupo de atletas de vôlei e basquete, que tinham como objetivo criar um espaço destinado ao lazer e à prática de esportes na capital, o clube iniciou sua trajetória em uma quadra construída na Avenida João Pinheiro, uma das áreas mais nobres da cidade.

O Mackenzie é um dos clubes de maior tradição na formação de atletas de voleibol, basquetebol e natação em Belo Horizonte Desde a década de 50, destaca-se nas atividades esportivas, conquistando muitos títulos e lançando atletas que hoje integram seleções Estaduais e Nacionais.

O clube oferece toda estrutura física necessária para a prática de esportes e para o convívio social de atletas e associados. O espaço conta com duas piscinas aquecidas, sendo uma semiolímpica e outra coberta; ginásio poliesportivo com capacidade para 900 pessoas; quatro quadras descobertas; sala de fisioterapia; Pilates; sala de nutrição; academia de musculação; salão de festas com capacidade para 500 pessoas, para reuniões com atletas e pais; sala para estudos; salão de jogos, sauna seca, sauna a vapor e seis vestiários.







Mais de sete décadas
revelando talentos

Ao longo dos seus 76 anos, o Mackenzie demonstrou ter em seu DNA a formação e o desenvolvimento de atletas. Tanta história e dedicação ao esporte geraram títulos e um dos pilares mais importantes da sua história: o respeito e o reconhecimento no cenário esportivo.

No voleibol, estrelas da nossa seleção nacional como Sheilla Castro (bicampeã olímpica), Érika Coimbra, Gabriela Braga, Ana Carolina Silva, Tais Mariele, Priscila Heldes, estão entre outras atletas que brilham nas quadras da Superliga Feminina no Brasil e passaram pelo clube do bairro Santo Antônio.

Hoje em dia, o clube investe no esporte como uma ferramenta auxiliar na educação e na integração social de crianças e jovens. O foco é a formação integral do ser humano, contribuindo para o desenvolvimento e saúde dos atletas.

O basquetebol no Mackenzie conta com equipes de base que vão dos 13 aos 17 anos, sendo que a categoria sub-16 é a atual campeã sul-americana, metropolitana e estadual invicta.

A natação, que conta com todas as categorias de base, consagrou-se como a segunda melhor do estado, colecionando títulos regionais e nacionais, como o conquistado pelo atleta João Pedro Lobo, Campeão Brasileiro Junior, na prova de 200m nado peito.



Depoimentos e Revelações


Sheila Castro
Bicampeã olímpica, hexacampeã do Grand Prix,campeã dos jogos Panamericanos, tricampeã da Copa Panamericana, pentacampeã sulamericana, bicampeã da Copa dos Campeões, Bicampeã da Superliga; entre outros.

“No Mackenzie foi onde tudo começou. Todos sempre acreditaram em mim desde que eu cheguei. Algumas pessoas ainda brincam comigo falando que, quando eu comecei a treinar eu era muito ruim, então por toda essa confiança e o investimento que fizeram em mim, eu consegui subir muito meu nível, chegar à seleção e ter toda a história que tenho hoje. Acho que o Mackenzie é um grande formador de atletas, antes de mim já formavam e depois também continuaram formando. Eu fico muito feliz por ter tido a oportunidade de ter iniciado no clube.”


Carol Silva
Bicampeã do Grand Prix, bicampeã Sul-americana, tetracampeã do Campeonato Sul-americano, tetracampeã da Superliga, bicampeã da Supercopa Brasileira, entre outros.

“A oportunidade de aprender a jogar vôlei, que tive no Mackenzie, mudou minha vida. Só tenho à agradecer todos os profissionais que me ajudaram. No clube descobri o amor pelo esporte e aprendi que é preciso persistência, resiliência e dedicação para se alcançar o alto nível. Deixo aqui meus agradecimentos com carinho, especialmente ao Delicélio e Jamison, professores apaixonados pelo vôlei, com quem tive o prazer de aprender.”


Gabi Guimarães
Tricampeã do Grand Prix, hexacampeã sul-americana. Pentacampeã da Superliga, entre outros.

“Foi o Mackenzie que me deu a grande oportunidade da minha vida. Eu só pensava em aprender a jogar vôlei, não tinha pretensão nenhuma em ser atleta profissional. “Deli” sempre acreditou em mim. Agradeço a ele por ter uma boa bagagem para participar da Superliga, ter ganhado títulos pela Seleção Brasileira e ter tido a chance de realizar um sonho: participar das Olimpíadas no Rio em 2016.”


Ricardo Picinin
Foi técnico da Seleção Brasileira Feminina da categoria Infantil e passou pelos clubes Minas Tênis, Mackenzie, Praia Clube e Vôlei Taubaté.

“Foi o clube que me deu a primeira oportunidade de ser técnico numa equipe profissional de Superliga. Foram dois anos muito felizes da minha vida, aproveitei demais, cresci profissionalmente, fiz grandes amizades e devo muito ao Mackenzie. Então, só tenho boas lembranças do clube e muito a agradecer a tudo de bom que aconteceu na minha vida depois que passei por aqui.”


Wesley Castro
Atleta que mais evoluiu no NBB10. Clubes que passou: Mackenzie, Pinheiros (SP), Sport de Recife e Minas Tênis Clube (atual).

“O Mackenzie foi o clube que me mostrou e ensinou o basquetebol. Nunca havia jogado antes, apenas apreciava o esporte. Cheguei com uns 13 anos ao clube e fui privilegiado em ter os técnicos que tive. Eles me ensinaram tudo que precisava e podia aprender na época. Tanto o clube quanto os profissionais que trabalharam comigo foram de grande importância na minha carreira. Sempre quando me perguntam onde comecei, falo com muito orgulho: no Mackenzie Esporte Clube!”


Ítalo Manzine
Campeão do Troféu Maria Lenk e Troféu José Finkel de Natação, tetracampeão do Brasileiro Sênior, bicampeão do Brasileiro Sênior de Inverno, participante das Olimpíadas Rio 2016.

“O Mackenzie teve uma grande importância na minha vida como atleta. Foi onde eu competi o meu primeiro Campeonato Brasileiro e comecei a me destacar no cenário nacional. Peguei minha primeira final e primeiro pódio. No meu último ano, estava no ranking dos cinco melhores atletas do país, e fui três vezes campeão nacional da categoria. Ainda mantenho excelentes amizades do Mackenzie, que é um excelente clube formador de atletas de base, sempre com bons profissionais pra poder atender a nova geração de atletas.”


João Pedro Lobo
Campeão Brasileiro no Troféu Júlio de Lamare, na prova 200m nado peito e Vice-campeão Brasileiro nos 100m nado peito.

“O Mackenzie foi de suma importância na minha carreira tanto como atleta quanto como pessoa, me proporcionou uma piscina, equipamentos e comissão técnica de qualidade, sem o Mackenzie não teria chegado aonde cheguei”.

Nossos números dizem tudo

0


Anos

0


Cotas

0


Atletas