Mackenzie sedia Campeonato Brasileiro Interclubes de Voleibol Sub-16

A primeira edição do Campeonato Brasileiro Interclubes de Voleibol Feminino, viabilizado pelo Comitê Brasileiro de Clubes, foi um sucesso! O retorno do público nas quadras, a ótima interação com as transmissões da internet e o inédito álbum de figurinhas das atletas participantes são alguns dos destaques positivos do Mackenzie na competição. O clube, que será o mandante do torneio pelo próximo ciclo olímpico (2017-2020), deixa uma ótima impressão para os anos seguintes. 

O campeonato aconteceu entre os dias 14 e 20 de outubro, reunindo 16 equipes de cinco estados brasileiros. A presença de grandes agremiações como Flamengo, Fluminense, Praia, entre outros, mostrou o alto nível da competição e a força das categorias de base da modalidade olímpica. Diariamente, cerca de 1000 pessoas passaram pelo ginásio do Mackenzie, para acompanharem as partidas.

O presidente da Federação Mineira de Voleibol, Tomás Mendes, ressaltou a importância do torneio: “hoje a gente está aqui, marcando uma história no voleibol, não só em Minas, mas no Brasil todo, podendo firmar uma parceria com o CBC, a CBV, Federação Mineira e o Mackenzie Esporte Clube. Eu tenho certeza que este projeto, este ciclo, será muito enriquecedor, com a disputa de um campeonato sub-16 nesse nível, com tantas equipes e atletas.”

Segundo o coordenador de projetos do Comitê Brasileiro de Clubes, Guilherme Raso, o objetivo do CBC é apoiar a formação de atletas até os 21 anos, onde existe uma carência muito grande de investimento. “Nosso otimismo é enorme e estamos bastante satisfeitos com a adesão, havia a preocupação se essa ideia seria assimilada pelos clubes e estamos vendo que é um sucesso. Temos aqui 16 equipes no voleibol e vamos seguir em frente nos próximos 4 anos, revelando os talentos e comemorando a cada conquista”, celebrou.

Para o presidente do Mackenzie, Carlos Rocha, há 74 anos, é exatamente essa a proposta do clube. “Está no nosso DNA formar atletas e hoje somos o primeiro clube no Brasil a abrir um campeonato interclubes de voleibol. É muito gratificante estar recebendo tantos clubes do Brasil inteiro, com prestigio de estar tendo aqui, Secretário de Estado, a imprensa cobrindo os eventos, estamos no caminho certo que é formar o atleta, mas também, formar o cidadão.”

O Secretário Adjunto de Estado de Esportes, Ricardo Sapi, que prestigiou o evento, também comentou o sediamento do torneio. “O Clube Mackenzie é muito ativo, dentro da sua comunidade. Tem vários cursos, forma atletas e hoje vem promovendo a realização desse grande evento, coroando Minas Gerais. Isso faz com que toda a rede hoteleira, os bares e restaurantes estejam sempre cheios. O que pra nós é muito importante, não só pelo crescimento e acesso ao esporte, mas tudo vem de encontro com o objetivo de Minas Gerais.”

A cerimônia de abertura foi um show à parte com desfile das delegações, acendimento da pira olímpica e apresentação da bateria de uma escola de samba da capital mineira. O clima de descontração e o contato inicial entre as atletas surpreenderam até quem já estava acostumado com esse tipo de evento. “Já fui em várias cerimônias de abertura, mas nunca vi uma interação tão grande entre as equipes adversárias, antes de começar um campeonato”, comentou Daniel Pereira, coordenador técnico da Federação Mineira de Vôlei.

Tomás Mendes (FMV), Guilherme Raso (CBC), Secretário do Estado de Esportes Ricardo Sapi, dirigentes do Mackenzie, Vereador Eduardo da Ambulância, Carlos Rios (Cobrav e CBV) e Marcolino de Oliveira (Fecemg)

É CAMPEÃ!

A equipe do Praia Clube, de Uberlândia (MG), venceu a competição invicta e sem perder nenhum set. O time Curitibano, do Paraná, ficou com a segunda colocação e o Fluminense subiu ao pódio com o terceiro lugar.