Álbum de figurinhas do Mackenzie vira febre durante torneios

Achou que a disputa era só nas quadras? Uma figurinha do campeonato, também valia ouro por aqui! A novidade inédita em competições como esta teve como objetivo principal a interação entre os atletas participantes. Deu certo! A troca de figurinhas agitou o clube e permitiu uma recordação inesquecível do Campeonato Brasileiro Interclubes de Voleibol e da Copa Brasil de Clubes de Basquete, sediados no Mackenzie.

Para Juliane, atleta do Santa Mônica Clube de Campo, o álbum aumentou o contato até entre as jogadoras do próprio time: “o álbum faz com que a gente converse bastante com outras atletas que a gente nunca conversa. Vai uma no quarto da outra, lá no hotel, e começa a trocar figurinhas”.

Para Vanessa, que joga no Círculo Militar do Paraná, o álbum será uma lembrança para a vida toda: “eu nunca tinha visto em outro campeonato algo do gênero. Vai trazer uma recordação bacana, “poxa joguei com ela”. Daqui um tempo, uma dessas meninas que estão jogando contra a gente ou do nosso lado possam estar jogando profissionalmente.” E até o técnico da Vanessa entrou na brincadeira! “Achei muito bacana até eu mesmo comprei um álbum! A interação entre as atletas agora, todas trocando figurinhas, isso é muito importante. Valoriza bastante o esporte”, pontuou Luiz Fernando, treinador do Círculo Militar.

Pais de atletas que acompanharam de perto o Campeonato no Mackenzie também elogiaram a iniciativa. “Familiares estão adquirindo o álbum para guardar, muitas atletas estão adquirindo as figurinhas do próprio clube para dar para as famílias, isso vai ser recordação não só pra elas, mas para a equipe, para os pais e toda a família. Foi genial a ideia. O Mackenzie está de parabéns!”, comentou Alessandra, mãe da jogadora Érika do Minas Tênis Clube. A filha de Alessandra concordou: “Foi muito bom tirar a minha figurinha, você se sente mais importante.”

Para os garotos a disputa foi mais acirrada, teve até competição de quem completaria o álbum primeiro. Além de colecionar as figurinhas, muitos ainda autografaram o retrato dos adversários. “Com certeza um desses atletas vai disputar uma liga profissional. Vai ser bem legal ver a pessoa num brasileiro ou qualquer outro campeonato e você relembrar que disputou um torneio de base com ele”, comentou Leonardo, atleta do Olympico.

Os álbuns de figurinhas dos campeonatos sediados no Mackenzie foram feitos em parceria com a empresa Cara Colada.